domingo, 13 de maio de 2012

Cronistas

A fotografia nos faz lembrar o passado.

CRONISTAS


João Saldanha.
O mais polêmico comentarista esportivo do Brasil.

             Valmari Vilela - um dos maiores comandantes de equipes de esporte em Alagoas.


Jorge Moraes.
Comandando o programa - Momento do Esporte
da TV Manchete.


Antônio Avelar.
O saudoso companheiro das Rádio Gazeta e Rádio Difusora.
Ele nos ajudou muito a comandar as equipes de esporte.


Luiz Mendes, o grandes narrador e comentarista da Rádio Globo. 
O cartaz é de 1948 quando fazia cobertura dos  jogos da Copa Roca.


Cesar Pita, o amigo da galera, continua sendo um maiores narradores do nosso futebol.


O grande Márcio Canuto quando estava da TV Gazeta de Alagoas.
Ele aparece entrevistando o craque Peu.


O grande narrador Oduvaldo Cozzi recebendo a visita do craque Ademir.


O companheiro Antonio Correio e lateral do Flamengo, Paulo Henrique.


O saudoso amigo Carlos Miranda na Rádio Gazeta de Alagoas.


Dois amigos da crônica esportiva de Alagoas.
Ademir Messias e Antônio Correia.


Jorge Curi um dos maiores narradores esportivos de todos os tempos.
Foto do Esporte Ilustrado

1970 - Era assim que Reinaldo Cavalcante narrava jogos de futebol
na cidade de Palmeira dos Índios.
Na beira do gramado, sem proteção, um copo e uma guartinha com água.


O narrador Gagliano Neto que transmitiu para o Brasil
a Copa do Mundo de 1938.
Foto do Esporte Ilustrado.


Dois cronistas alagoanos.
O veterano Edson Mauro e o jovem João Vitor.


ORA BOLAS!
Anos 60. Um programa esportivo humorístico e que passou muitos anos no ar.
Na foto vemos: Cavalcante. Jorge Vilar. Ailton Vilanova e Marreco. Não é Luiz Alves.


1982 - Antonio Torres. Eu e Waldemir Rodrigues
ouvindo o depoimento do craque Tadeu da Costa Lima.


Dida e Márcio Canuto quando do lançamento do livro -
Histórias de um Campeão do Mundo
Autor: Luiz Alves, irmão do Dida.


1958 - O treinador Vicente Feola e os jornalistas Ney Bianchi e Jader Neves.


João José. Um amigo que se foi e não podemos esquecer.
Ele aparece entrevistando o jogador do CRB, Sapatinho.


Milton Perozzi entrevista o craque da Portuguesa Brandãozinho.


Cartaz distribuído pela cidade depois que o CRB conquistou
o campeonato alagoano de 1964

Waldir Amaral, ele que foi um dos grandes narradores esportivo do Brasil.



O dia quando o Ginásio do Jacintinho recebeu o nome do radialista
Arivaldo Maia.
Na foto ele aparece sendo apontado pelo Prefeito Cícero Almeida.


Cronistas esportivos do Jornal de Alagoas no anos 40 e 50.
Aldo Ivo. Zequito Porto. Floriano Ivo e Edson Falcão.


Dois craques do microfone - Haroldo Miranda e Luiz Tojal.
Uma brilhante atletas do voleibol - Fátima Pinto.


1958 - Edson Leite. Fiori Giglioti e Pedro Luiz.
Três grandes personagens da crônica esportiva de São Paulo.





1958 - Zagalo. Garrincha e Didi pousando ao lado dos jornalistas -
Armando Nogueira e Oldemário Touguinhó.


O cronista Costa Cabral entrevista o goleiro do CSA, Flávio.


Dois grandes personagens que têm a minha amizade.
O saudoso Zequito Porto, a maior autoridade dentro do CRB.
Jornalista Márcio Canuto, hoje na TV Globo de São Paulo.


Saudade do nosso amigo Carlos Miranda.
Um dos mais competentes comentaristas do nosso futebol.

A dupla que fez muito sucesso na Rádio Globo.
Denis Meneses e o Washington Rodrigues.


1990 - O Jovem Antonio Guimarães quando estava
começando a narrar futebol. Ainda hoje ele continua sendo um dos 
melhores do futebol alagoano.


O narrador Carlos Marnondes
da Emissora Continental do Rio de Janeiro dos anos 60.


Roberto Mendes e cronistas esportivo Jorge Moraes na TV  Mar.


A ACDA visitando o Prefeito Cicero Almeida.
Eu. o Prefeito. Antônio Correia. Aldo Ivo e Raimundo Nonato.


Aldo Ivo. Zequito Porto. Floriano Ivo e Edson Falcão.
Cronistas dos anos 50.



1952 - Dida, no CSA, fala ao microfone da Rádio Difusora de Alagoas.
O cronista esportivo é Batista dos Santos.
Foto de Roberto Plech.


1961 -Trio de craques do microfones da Emissora Continental.
Carlos Marcondes. Rui Porto e Clóvis Filho.


1946 - Equipe de Esportes da Rádio Globo
Foto do Esporte Ilustrado


Confusão no clássico CSA x CRB no inicio dos anos 80.
Um princípio de briga entre o cronista Laerson Silva e o treinador Laerte Dória.
O colega Costa Cabral e alguns policiais procuram evitar o pior.



Anos quarenta. Ary Barroso transmitindo um jogo
Vasco x Fluminense em cima de um telhado de uma casa
O Vasco proibiu Ary Barroso de entrar em São Januário.

Foto com o saudoso companheiro Jurandir Costa 
entrevistando João Alves, Presidente do CSA.


O saudoso cronista esportivo, Luiz Alves, irmão do craque do CSA,
do Flamengo e da Seleção, Dida.


A nova geração de cronistas esportivos em Alagoas.
Warner Filho. Denison e Vivi - no Globo Esporte. com


O Flamengo em Maceió com o alagoano Peu sendo entrevistado
pelo saudoso Waldemir Rodrigues e Flávio Gomes de Barros.


O Repórter Jaime Moreira entrevista o craque
Ademir antes de um jogo do Brasil na Copa de 1950. 
Programação da Rádio Gazeta de Alagoas em um domingo de esportes.


Um dos maiores narradores do rádio esportivo do Brasil.
Oduvaldo Cozzi trabalhou muitos anos na Radio Mayrink Veiga do Rio de Janeiro.

Antonio Torres e Cesar Pita no programa Pajuçara Futebol Clube.


O radialista, Blota Junior entrevista o corintiano Olavo.



Na semana de aniversário do grande Ary Barroso mostramos uma foto
do flamenguista abraçando o Presidente rubro negro, Gilberto Cardoso.


1982 - Esse é Antonio Torres.
Ele participava de um programa de televisão que ia ao ar todas as segundas feiras as 22 horas.
Era um programa da TV Alagoas. Eu mesmo fazia os convites dos cronistas que participavam do programa.


O árbitro Fernando Rogério é entrevistado pelo amigo Paulo Lyra.



1962 - Waldir Amaral e Alberto da Gama Malcher.
A Rádio Globo inovando com um comentarista de arbitragem.


Márcio Canuto e Dida no dia do lançamento do livro - 
Histórias de um Campeão do Mundo.
Autor: Luiz Alves, irmão do Dida.


Milton Peruzzi entrevista o craque Brandãozinho da Portuguesa de Desportos.


Lembrança do saudoso companheiro e amigo Antonio Avelar.,


O atacante do Palmeiras, Cesar, aparece sendo entrevistado pelo Gerdy Gomes da Rádio Tupi.

Esse é o saudoso João Malta. Ele está fazendo falta a nossa crônica esportiva.
Não podemos esquecer o João.


                                  Parabenizamos o grande narrador esportivo, Arivaldo Maia
                                         pelos seus 50 anos na Rádio Gazeta de Alagoas.

                                       
                                             Antonio Torres e Cesar Pita a dupla da galera.


                                   O goleiro Filho é entrevistado pelo cronista Valmari Vilela.


1982 - Antonio Torres. Eu e Waldemir Rodrigues ouvindo
depoimento de Tadeu da Costa Lima para o Museu dos Esportes.


O veterano Costa Cabral chefe da equipe de esportes da Rádio Difusora de Alagoas..



Arivaldo Maia, um dos maiores de futebol da história do rádio alagaono.
Um veterano que continua em atividade com a mesma competência.


O saudoso Aldo Ivo. Ele que foi um dos maiores jornalistas de Alagoas.
Sempre no Jornal de Alagoas.


1065 - Promoção do Departamento Esportivo da Rádio Gazeta em Alagoas .


O saudoso  Jurandir Costa vai ser homenageado no Cantinho da Sandade.
Um projeto do Museu ndos Esportes..


Dois craques.
Silva, nos gramados. Antoio Correia na Crônica Esportiva.


O talentoso Valmari Vilela entrevista um dos grandes arbitros do futebol alagoano, Josival Pedro.


1958 - O treinador da nossa seleção ladeado pelo 
jornalista Ney Bianchi e o fotográfo Jade Neves
Foto da Manchete Esportiva.

A famosa dupla da Rádio Globo.
Denis  Menezes e Washington Rodrigues


Eu e o jornalista Luiz Alves ouvimos atentamente o depoimento do saudoso Haroldo Miranda para os arquivosa do Museu dos Esportes Edvaldo Alves Santa Rosa.



O Presidente da Confederação Brasileira de Desporttes,  João Havelanghe, quando visitava as obras da construção do Estádio Rei Pelé junto com Renan Rosas, Presidente da Associação dos Cronistas Desportivos der Alagoas.


A turma da velha guarda.
No tempo em que os cronistas usavam paletó.
Aldo Ivo. Zequito Porto. Floriano Ivo e Edson Falcão.


O Presidente Jorge Lins festejou mais um aniversário da nossa ACDA (Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas) em grande estilo. O evento foi realizado no primeiro andar do Estádio Rei Pelé com a presença dos associados e convidados.


Antonio Torres ouve o depoimento do grande artilheiro do CRB
Reinaldo.


Três cronistas esportivos das decadas de 40 e 50.
São figuras pouco lembradas.



O grande Costa Cabral. Dinâmico r competente cronista esportivo das Alagoas.
É um dos mais antigos componentes do esportes da Rádio Difusora.


Os campeões no futebol e cronista esportiva
1958 - Zagalo. Armando Nogueira. Garrincha. Oldemário Touguinhó e Didi


O saudoso Jurandir Costa entevistando o diretor do CSA, João Alves.



O alagoano Peu, quando atuava no Flamengo, sendo entrevista pelo
Waldemir Rodrigues e  Flávio Gomes de Barros. 


Warner Oliveira, Walmari Vilela e Edmilson Santana no programa da Rádio Gazeta de Alagoas


Eu entrevistando o zagueiro Belini quando o Vasco esteve em Maceió para jogar com o CRB.


Reinaldo Cavalcante transmitindo futebol do campeonato alaagoano    para a 
Rádio Gazeta de Alagoas no interior do Estado. A guardinha é para beber agua.
Aconteceu nos anos 60..


Saudades do nosso comentarista Carlos Miranda.
Ele está fazendo falta a nossa crônica esportiva.



1965 - Propaganda do departamento esportivo da Rádio Gazeta de Alagoas.


Time da ACDA - Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas.
Em pé: Chico Magalhães. Walter. Odorico. Neurivan. Arnon Chagas. Walfredo Oliveira e Rosas.
Agachados: Caximbáo. Sabino Romariz. Arnoldo Chagas. Eu. Edson e Nilton Oliveira.





                     Costa Cabral, o veterano, dinâmico e competente. da Rádio Difusora de Alagoas,
                                                     entrevista o goleiro do CSA, Flávio.
                                     

                       Wassil Barbosa, um carioca que participou da seleção brasileira que disputou as Olimpíadas de 1952, em Helsinque, que vestiu a camisa do Bonsucesso,e América do Rio de Janeiro e jogou o futebol baiano, veio para ajudar o CSA como supervisor, se transformou em um dos mais            competentes comentarista do nosso futebol. Hoje, Wassil é apenas um pedaço de saudade.

                                                 
                   Valmari Vilela entrevista o saudoso presidente da Federação Alagoana de Futebol
                                                                       Heider Silveira.

                     
                              Os craques do rádio e da musica em visita ao Museu dos Esportes
                                    Arivaldo Maia. Antonio Correio. Eliezer Setton e Romel.
                 
                                                         
                         O talentoso narração esportivo do rádio alagoano, Antoniop Guimarães,
                     agora prestando seus serviços a Rádio Novo Nordeste da cidade de Arapiraca.

     
               Os jovens cronistas esportivos João Vitor e Mateus visitam o Museu dos Esportes.

                                         
                                           1961 - Um trio da pesada Emissora Continental.
                                                Carlos Marconi. Ruy Porto e Clóvis Filho.
                                                      Foto da Revista Esporte Ilustrado

                           
                                        1970 - Inauguração do Estádio Trapichão (Rei Pelé).
                     O  saudoso e pouco lembrado, Haroldo Miranda, entrevista o jogador do Santos, Pelé.


                                                       1950 - Copa do Mundo na Suécia.
        Ney Bianchi (jornalista). Vicente Feola (técnico da Seleção) e Jader Neves (fotográfo).

                                 
                                   1952 - O cronista Batista dos Santos entrevista o craque Dida
                                                           para a Rádio Difusora de Alagoas.

                               
                               O saudoso Jorge Vilar durante a construção do Estádio do Trapichão.
           Em reportagem para a Rádio Gazeta de Alagoas, Jorge ouve a palavra do Napoleão Barbosa.
                                     Entre os dois aparece o Coronel Nilo Floriano Peixoto.


                                      Dois craques craques do rádio alagoano dos dias de hoje.
                                                                 Silva e Antonio Correia.
             Silva, ex-ponta esquerda do CRB e Antonio Correia um experiente veterano na crônica
                                                                          esportiva de Alagoas.
             Esperamos contar com os dois na homenagem que o Museu dos Esportes vai fazer aos tetra                                                                    campeões do CRB dos anos 70.

                                     
                Arivaldo Maia, um dos mais competentes narradores esportivos do rádio alagoano.
               Na foto ele aparece dando seu depoimento para os arquivos do Museu dos Esportes.

                                             
                                                    Cesar Pita - o Amigão da Galera.
                                 Um dos mais perfeitos narradores esportivos do rádio alagoano.


1948 -Ano em que os repórteres das emissoras do rádio carioca
começaram a entrevistar os jogadores dentro do campo.


                   Ary Barroso, narrador da Rádio Tupi do Rio de Janeiro, o locutor da gaitinha e
                     torcedor do Flamengo, aparece abraçado com o maior presidente da história
                                                 do clube rubro negro, Gilberto Cardoso.
                                                       (Foto da Manchete Esportiva).


Sabino Romariz foi um dos maiores narradores do futebol alagoano em todos os tempos.
Além de narrador era compositor. Sua popularidade era tão grande que chegou a ser eleito
Deputado Estadual.


1939 - Uma transmissão esportiva pelo rádio carioca.
Eram muitos os obstáculos para a narração de um jogo de futebol.
Uma mesinha de madeira no meio da torcida.

                             
                                                               1958 - Copa do Mundo.
                                                  Edson Leite. Fiori Giglioti e Pedro Luiz
              Três grandes personagens do rádio esportivo paulista que cobriram a Copa na Suécia.


          Na última segunda feira faleceu um dos maiores jornalistas alagoanos - Aldo Ivo.
Muito já se falou sobre o nosso amigo Aldo. E por tudo que ele representou para Alagoas é que o Museu dos Esportes lhe prestou uma homenagem no projeto - Cantinho da Saudade.
No Museu também tem um depoimento do Aldo Ivo, em vídeo, onde ele conta toda sua história.
A história de um grande jornalista.


                                           Dois consagrados cronistas esportivos do nosso rádio.
                                                       Ademir Messias e Antonio Oliveira.


                                           Aldo Ivo,o mais antigo cronista esportivo vivo,
                               entrevista Mailda, a grande revelação do nosso voleibol em 1955.


                              O consagrado Márcio Canuto, aparece na foto no inicio de sua caminhada
                                 pelo esporte, entrevistando o artilheiro do CRB, Canhoto.


                             Gagliano Neto, o narrador da Copa do Mundo de 1936 para o Brasil.
                                                Na década de setenta ainda estava na ativa.

                                   
                                                                      Jurandir Costa
                                                 entrevista o presidente do CSA João Lyra.

                                     
  
                                           
                                        Foi o grande narrador de muitas Copas do Mundo

                                           
                                   Anos oitenta - Antonio Torres e eu ouvimos atentamente
                                          o depoimento do artilheiro do CRB, Reinaldo.


                                          Abertura dos Jogos Estudantis no Estádio Rei Pelé
               Dois grandes cronistas esportivos - Haroldo Miranda e Luiz Tojal, já falecidos, ouvem
                                         a atleta Fátima Pinto durante o juramento do atleta.

              O dinâmico jornalista, Aldo Ivo, entrevista o grande desportista Napoleão Barbosa.

                                       
                     1967 - Inauguração da FADA (Federação Alagoana de Desportos Amadores)
              Marcio Canuto, Laerson Silva e Raimundo Nonato ouvem o Governador Lamenha Filho que                       parabeniza os dirigentes da FADA. Ao lado do Márcio está o presidente
                                                                da entidade José Cabral.

                           
                    Inicio dos anos 60 - Time da Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas.
         Chico Magalhães. Walter, Odorido. Neurivan.  Arnon Chagas, Walfredo Oliveira e Renam
                                               Rosas (Presidente da ACDA).
           Agachados: Caximbáo. Sabino Romariz. Arnon Chagas. Eu. Edson e Nilton Oliveira.


                         O programa da Rádio Gazeta dos anos 60 produzido por Jorge Vilar
                era um sucesso nas tardes de domingos das nas nossas transmissões esportivas.
         A foto mostra o momento de uma das gravações que era feitas no sábado. Nela aparecem
                               Cavalcante Barros. Jorge Vilar. Ailton Vilanova e Marreco.

                                                 
                            1952 - Ademir e Oduvaldo Cozzi na cabine da Rádio Mayring Veiga


                                        1970 - O saudoso Haroldo Miranda entrevista Pelé
                       na inauguração do Estádio do Trapichão, também chamado de Rei Pelé,


                             O narrador esportivo da Rádio Tupi do Rio de Janeiro, Ari Barroso, e a cantora Angela Maria, maracanã em dia de festa para o Flamengo que comemorava o titulo carioca de 1953.
                                                 Foto da Manchete Esportiva.

                             

                           Quatro amigos craques no rádio, na musica e no gramado.
                            Arivaldo Maia. Antonio Correia. Eliezer Setton e Romel.


                   
     Em um dia como hoje não poderíamos esquecer o grande Edécio Lopes.
     Ele era, também, um grande torcedor do CRB. Mas não esqueço quando
    começamos na Rádio Progresso, em 1959. Levamos nossa equipe  para o             
    Estádio do Mutange e Edécio foi conosco. Ele transmitiu o jogo CSA x        
    Botafogo de Garrincha. Didi. Nilton Santos e Zagalo.
    Foi um jogo noturno e a transmissão foi realizada em cima da cabine da      
    Rádio Difusora que ficava na geral do campo do CSA. Hoje, eu  me lembro  
    com saudade aquele dia, apesar da derrota do CSA por 4x0.




                            1982 - Wassil Barbosa no programa da TV Alagoas - É hora de Esporte.
                  Programa que ia ao ar as segundas feiras no horário das 22 horas das segundas feiras.

                                 
                           Não podemos esquecer nossos amigos que já se foram e deixaram
                                              saudades pelo grande trabalho que realizaram.
                                            Este é Antonio Avelar no dia 31 de março de 1990.


                                                     Lauthenay ouvindo o depoimento
                                          do grande goleiro dos anos 30 e 40 - Epaminondas.
                               Este depoimento faz parte dos arquivos do Museu dos Esportes.

                         
                                1982 - Antonio Torres participando do programa da TV Alagoas - É Hora de                                   Esporte. Programa gravado as 19 horas e levado ao ar as 22 horas as segundas feiras.
                         

                                       
                                                  1962 - Carlos Marconi. Rui Porto e Clóvis Filho.
                  Três craques da Emissora Continental do Rio de Janeiro na Copa do Mundo de 1962.
                             

                                                    Três amigos da nossa crônica esportiva.
                                Silva, ex-jogador do CRB. Antonio Correia e Antonio Avelar


                                                           Antonio Guimarães em 1991.
                         Ainda nos  anos de hoje continua transmitindo futebol com o mesmo entusiasmo
                                                                         e competência.


                                      Aldo Ivo. Zequito Porto. Floriano Ivo e Edson Falcão
                                 eram os grandes nomes da crônica esportiva na nossa terra
                                                                  nos anos 40 e 50.

                             
                                                Warner Oliveira Filho. Denison e Vivi Leão
                            Sangue novo na crônica esportiva da nossa terra. Novos e competentes.
                                             

                                       
                                     Lauthenay quando ouvia os depoimentos de dois grandes
personagens do esporte amador - Geraldo Mota e Agatenor Vasconcelos. Os depoimentos
                                      foram realizados no Teatro Deodoro.
                                                 
                                     1970 - Equipe de Esportes da Rádio Difusora de Alagoas.
            Em pé: Sabino Romariz. José Carlos Campos. Jorge Vilar. Wassil Barbosa. Edson Mauro.
                                                    Raimundo Nonato e Adelson dos Santos.
             Agachados: Lauthenay Perdigão. Eraldo Lessa. João José. Francisco Magalhães. Paulo                                                            Newton. Fernando Muniz e Eraldo Correia.                                

               
                                    Quatro grandes nomes do rádio esportivo do Rio de Janeiro.
                              Geraldo Romualdo. Volnei Camargo. Luiz Mendes e Raul Brunini

                                 O cronista Paulo Lyra entrevista o árbitro Fernando Rogério.


Um lance curioso. Nos anos quarenta o Vasco da Gama proibiu do narrador Ary Barroso entrar em São Januario para transmitir o jogo do clube cruzmaltino contra o Fluminense. Para o velho Ary Barroso não teve problema. Ele transmitiu o jogo do telhado de uma casa.

                                         
                       A saudade do grande Carlos Miranda. Ele aparece na Tribuna da Crônica                                         Esportiva, no Estádio Rei Pelé, quando trabalhava para a Rádio Gazeta em 2011.


Márcio Canuto ao lado do Dida no laçamento do livro -
A História de um campeão do Mundo.
Livro escrito pelo Luiz Alves irmão do Dida.


  Valdir Amaral.
Um dos mais bem lembrados narradores esportivos na Rádio Globo.
Em 1964 Valdir veio a Maceió para transmitir o clássico CSA x CRB no mutange.


Ailton Villa Nova e Reinaldo Cavalcante - Dois grandes amigos.
Rádio Gazeta de Alagoas nos anos 60.
Ailton no jornalismo e Reinaldo no nosso departamento esportivo. Ainda hoje mantemos nossa amizade que começou nos início dos anos dourados do rádio alagoano.


Nos anos 90 Antonio Avelar estava muito bem de saúde e em plena atividade 
comandando sua equipe de esportes.
Hoje é só saudade. E muita saudade de um cronista que amava o que fazia.


Dois amigos da crônica esportiva.
Warner Oliveira continua em atividade como um dos mais acreditados cronistas pela seriedade e imparcialidade na divulgação das noticias do nosso futebol. José Machado foi um dos grandes narradores do nosso futebol no final dos anos 60 e inicio dos anos 70. Pena que tenha deixado o microfone mais cedo.


Três grandes amigos que já se foram - Jurandir Costa. Waldemir Rodrigues e Antonio Avelar.
Na foto os três falam sobre a pauta das reportagens para a Gazeta de Alagoas.


Wassil Barbosa, o saudoso comentarista do rádio alagoano nos anos 60 e 70.
Comentava porque entendia do futebol.


Um veterano (Edson Mauro) e um novato (João Vitor).
Edson já correu o mundo narrando futebol pelas grandes emissoras do rádio carioca.
João ainda tem muito chão para percorrer. Nada que não possa ultrapassar. Seu talento, carisma  e vontade de vencer daqui a alguns anos será um veterano como o Edson.


O jornalista Aldo Ivo entrevista a atleta da Fenix Mailda. Ela foi considerada pela crônica esportiva
como a melhor do voleibol em 1955.


Os grandes cronistas esportivos Armando Nongueira e Olegário Touguinhó,
ao lado dos campeões do mundo Zagalo. Garrincha e Didi.


Paulo Lira entrevista o árbitro Fernando Rogério em matéria para Noticia na Mira.


No início dos anos 80. 
Lauthenay realizou vários depoimentos com grandes jogadores do futebol alagoano.
Na foto ele aparece com o cronista Antonio Torres e o craque Reinaldo do CRB.


1952 - Na cabine da Rádio Mayrink Veiga o narrador Oduvaldo Cozzi
recebe a visita do craque Ademir Menezes.

Denis Menezes e Washington Rodrigues  
a competente dupla do radialista do futebol carioca.


Este é Cesar Pita, o amigão da galera.
Um dos maiores narradores esportivos do futebol brasileiro.


1952 - O jornalista Batista dos Santos entrevista o craque do CSA - Dida.
Batista trabalhando para a Rádio Difusora de Alagoas.


1970 - Inauguração do Estádio Trapichão.
José Sebastião Bastos, Bastinhos, (vice presidente da CBD no Nordeste). 
João Havelange (presidente da CBD).
Renan Rosas (presidente da ACDA).


1954 - Davi Nasser foi um dos maiores jornalistas do Brasil. Ele 
aparece na foto quando fazia a cobertura da Copa do Mundo na Suíça para a 
O Cruzeiro, a maior revista brasileira dos anos 50. 


O cronista Cabral da Rádio Difusora de Alagoas
aparece na foto entrevistando o craque do CSA, Otávio. 


O jogador Audálio do Clube de Regatas Brasil aparece sendo
entrevistado pelo cronista Rodrigo Veridiano.


Luiz Alves, o saudoso cronista esportivo que brilhou comanda a s páginas de alguns jornais em Alagoas. Luiz é irmão do grande artilheiro campeão do mundo em 1958, Dida.


1981 - no Clássico CSA x CRB muita confusão.
Um desentendimento entre o cronista Laerson Silva e o treinador do CSA Laerte Dória.
Na foto um policial segura Laerte. Outro policial e o radialista Cabral tentam conter o Laerson.


O saudoso Luiz Alves ajudou Lauthenay no depoimento do ex-arbitro Cláudio Régis.
Um depoimento que está nos arquivos do Museu dos Esportes. 


1957 - Observem como era difícil trabalhar no Pacaembu. 
As máquinas fotográficas eram modernas para a época mas sem os recursos de hoje.
Além disso, a posição para conseguir um bom flagrante era complicada. 


Antonio Avelar, uma das figuras pouco lembradas.
Foi um cronista esportivo dos melhores. Começou com foca e terminou como chefe de equipe.
Já faleceu. Mas continuamos com saudade do seu belo trabalho na imprensa alagoana.  


No dia das grandes jornadas esportivas da Rádio Gazeta seu departamento de esportes colocava
na Gazeta de Alagoas uma chamada para seus ouvintes.


                                    INFELIZMENTE PERDEMOS WALDEMIR RODRIGUES

O fim de semana não começou bem para todos nós. Logo pela manhã, soubemos do falecimento do nosso amigo Waldemir Rodrigues.
Ainda ontem tinha conversado com Jorge Lins sobre o estado de saúde do Waldemir e até pensávamos em fazer uma visita.
O impacto da notícia foi violento e não queríamos acreditar. Procurei os meios de comunicação e tive a confirmação.
Esse tipo de acontecimento não tem hora marcada para chegar e, quando a luz da vida se apaga, a história se encarrega de chorar uma saudade mais triste e uma dor sem remédio.
Descanse em paz, meu amigo. Você vai fazer muita falta para todos. 


1963 - Time da ACDA no Mutange.
Em pé: Francisco Magalhães. Walter. Odorico. Neurivan. Arnon Chagas. Walfredo Oliveira e Rena Rosas.
Agachados Caximbáo. Sabino Romariz. Arnoldo Chagas. Lauthenay Perdigão. Edson Santa Rosa e
Nilton Oliveira.


Zequito Porto e Márcio Canuto no Teatro Deodoro.
Eles participaram de mais um depoimento com grandes grandes do passado do nosso futebol.
Esses depoimentos estão nos arquivos do Museu dos Esportes.


Anos sessenta. Reinaldo Cavalcante transmitindo futebol na cidade de Palmeira dos Índios.
Observem que Reinado está a beira do gramado, sem nenhuma proteção e uma jarra com agua para ajudar no calor.


1984 - Lauthenay e Luiz Alves ouvem o depoimento do antigo craque do CRB, árbitro de futebol e presidente do clube -
Cláudio Régis.


1952 - Ademir e Oduval Cozzi.
Ademir um dos famosos artilheiros do Vasco nos anos quarenta e cincoenta comentava, na Rádio Mayrink Veiga, sobre sua contusão antes do jogo  Vasco x Penarol. O locutor, também famoso, ouvia atentamente a história.


1964 - O saudoso Jurandir Costa, entrevista para Rádio Gazeta de Alagoas, o  presidente do Conselho Deliberativo do CSA, João Alves.


1958 - Armando Nogueira, o craque da palavra, fazia sua cobertura da Copa do Mundo de 1958 na Suécia.como fotografo.

 

1962 - Segundo Departamento de Esportes da Rádio Gazeta de Alagoas.
Em pé: Francisco Magalhães. Jader Cabral e Vagner Novaes.
Agachados: Lauthenay Perdigão. Jorge Vilar e Sabino Romariz.


1961 - Famosos cronistas esportivos da televisão carioca.
Carlos Marconi. Rui Porto e Clóvis Filho.


Anos cincoenta - Aldo Ivo e Batista dos Santos.
Dois dos mais ativos e queridos cronistas esportivos da decada e trabalhando no Jornal de Alagoas.


1939 - Era assin que os narradores de futebol acompanhavam o jogo. Uma mesa de madeira e totalmente desprotegidos.
A foto é de um jogo - São Cristovão x Botafogo no campo de Figueira de Melo.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial